youzz

dezembro 17, 2008

"minhas" coisas

Demoliram minha casinha...

é, demoliram. todinha. e agora estão construindo uma casa feia e cinza no lugar. a minha casinha não era bem minha, claro, mas era minha, sabem? eu passo por ela todo dia, e aí eu a tomei como minha. ela tinha um jardinzinho como sempre pedi pra minha mãe ("mãe, quero uma casa com jardim, e com balanço!"), tinha paredes alaranjadas, e as grades e janelas azuis. e umas flores bonitinhas, uma cara de casa de vó. agora não tem mais nada, só uns tijolos de concreto, que vão formar alguma coisa feia e tosca, sem a menor graça.

Levaram meu cachorro embora...

ele é o cachorro mais lindo do mundo. o vira-lata mais vira-lata dos vira-latas do mundo. ele tem barbicha, um pelo meio arrepiado e duro, preto, com um ou outro fio branco, dando um ar charmosérrimo, a la Richard Gere. e ele tem um olho preto, o outro azul. Ele não era meu, mas era meu, sacam? ele ficava muito feliz ao me ver, e ia me acompanhando até o ponto de ônibus todos os dias, pulando e mordiscando a minha mão ou meu cotovelo. Ele agora está numa casa e tem uma família legal, mas era o MEU cachorro e eu morro de saudades dele. todo dia.



O brinco de madrepérola...

é da minha mãe, mas é meu. tem muitas coisas da minha mãe que são "minhas" (e ela quer morrer quando digo isso) ou como diz a filha da Suzi: "Mãe, aqui em casa tem as coisas que são 'minhas' e as coisas que são 'nossas' ", não é genial? minha mãe não acha, não sei por que. ela até me empresta uma ou outra coisa, mas o brinco de madrepérola, com um desenho oriental lindíssimo, eu nunca tive coragem. nem é uma jóia cara, valiosa. acho até que ela me emprestaria na boa, mas nao sei.... ele é meu, mas é da minha mãe. e talvez ele seja meu um dia, e aí eu vou ter coragem de usar mesmo. por enquanto ele é meu, mas não é.

4 comentários:

Nelo Cruz disse...

Olá!
Parei aqui, por acaso, e achei lindo o post do cão vadio.
Fica bem!

cousasecausos disse...

Jujumba... esse cão tem uma cara de Joca... eu ainda vou ter um Joca, vc vai ver.
Bjs saudosos
Nenéia

Isa disse...

gostei mt deste post Juba, mesmo. que lindo o cachorrinho. e fique a imaginá-lo aos saltos a acompanhar-te.
bjs, querida

Helga disse...

Você também, é minha, mas não é.
Te entendo perfeitamente, Juju.
Fofíssimo seu post.
beijos